Mercado móbile: realidade em números confirma relevância do setor

Mercado móbile: realidade em números confirma relevância do setor

Mercado móbile: realidade em números confirma relevância do setor

Você deve estar acostumado em ouvir que o setor de internet móvel, aplicativos e dispositivos móveis, irá se expandir, não é mesmo? Pois bem, o fato é que ano a ano, dados mostram o franco crescimento do mercado mobile no Brasil, fato que chama a atenção não apenas no país, mas, sobretudo, de empresas e investidores de todo o mundo.

Todo ano é tido como “ o ano do mercado mobile”, o que é confirmado, posteriormente, pelos números. E a se julgar pelos recentes estudos, referentes aos dados sobre o uso da internet no Brasil, esta tendência deverá se manter ao longo dos próximos anos.

Não há como negar, estamos na era mobile, o que significa um crescimento cada vez mais expressivo do uso de aplicativos (app), smartphones, tablets e celulares, compras on-line e franca expansão do m-commerce( ou mobile commerce), por exemplo.

Vejamos alguns dados relacionados à indústria de telefonia e internet móvel no país.

Android domina mercado

aplicativos para celular android

Um estudo realizado pela empresa Avazu Holding destacou, entre uma série de outras informações, que, somente no Brasil, temos cerca de 282 milhões de celulares e smartphones ativos.

Destes 282 milhões, a maioria, cerca de 90%, utiliza o sistema Android, sendo que 50% deste público utiliza aparelhos da marca Samsung.

Esta preferência que dá à Samsung o domínio sozinho de metade do mercado, com larga folga perante a segunda colocada, a Motorola (21,10%), se deve principalmente ao fato do valor elevado do iPhone, por exemplo.

Além disso, o estudo apontou que o Wi-Fi, 3G e 2G são as principais fontes de conexão à internet usadas pelos brasileiros. O Wi-Fi ficou com 56% da preferência dos usuários, enquanto o acesso via 3G representou 29%.

Comércio mobile é superior ao da web

A ascensão do mobile é algo irrefutável e muitas empresas ainda não se deram conta de que estão perdendo mercado.

Para termos uma ideia, 79% de todo o tráfego de internet aqui no país é originária de dispositivos móveis.

Esta informação reflete também o crescimento do m-commerce, cujos valores gastos pelos consumidores, ano após ano, se tornam cada vez mais elevados. Em 2014, R$ 13,2Bi foram gastos, enquanto em 2015, cerca de R$ 27.3Bi. As categorias de produtos mais compradas foram eletrônicas, roupas e acessórios.

Apps e compras

Neste contexto, criar e manter um app que além de facilitar o relacionamento com o cliente, promova facilidades e acesso às compras, é extremamente relevante. Porém, muitas empresas ainda ignoram esta realidade, o que alavanca ainda mais as chances de empresas que investem nesta fatia do mercado.

50% dos e-commerces do Brasil não possuem um app, segundo dados do site ADNEWS. Ele ainda aponta que cerca de 24% das pessoas que utilizam smartphones, realizaram compras por meio de app.

E não é só isso: a publicidade mobile tem obtido alta taxa de conversão: 70% mais conversão e 50% mais vendas. (Fonte: http://adnews.com.br/internet/infografico-aponta-dados-do-m-commerce-no-brasil.html).

Como vimos, os números ressaltam aquilo que nos é lícito a olhos nus, em nossa rotina cotidiana. Basta pegar um metrô, andar pelas ruas, estabelecimentos, e iremos perceber que estamos na era mobile.

Fica aqui uma pergunta: o que você está esperando para investir hoje mesmo em um aplicativo para seu nicho de atuação?

Dúvidas? Fale comigo! Tenho a mais prática e ágil solução em apps, há poucos cliques de distância.

 

Deixe uma resposta