Apple perde mercado e Samsung lidera setor de smartphones no país

Apple perde mercado e Samsung lidera setor de smartphones no país

Apple perde mercado e Samsung lidera setor de smartphones no país

 

Estaria a gigante Apple ameaçada de seu “reinado” no ramo tecnológico, em especial no setor de tecnologia móvel e smartphones, ou este pesadelo já teria se tornado, “real”?

Ao menos no que diz respeito ao Brasil, os números mostram uma fria realidade para quem se vangloriou da liderança do mercado, ou ao menos, para quem sempre esteve na linha de frente, ostentando seu carro-chefe, o iPhone.

Confira a seguir, como está o mercado de smartphones no país, a queda da Apple e possíveis motivos que podem ter levado a empresa a esta queda tão relevante.

Apple: queda chama a atenção

Os dados divulgados no jornal Folha de São Paulo, referentes à consultoria da Counterpoint, relatam o seguinte cenário no ano de 2016, referente ao ranking de venda de smartphones no país:

1º lugar: Samsung (46,7)

2º lugar: Motorola (12,9)

3º lugar: LG (12,4)

4º lugar: Alcatel (5,5)

5º lugar: Apple (3,8)

6º lugar: Outras (18,7)

Os cálculos da Counterpoint mostraram que a Apple perdeu mais de 50 de participação no cenário nacional de vendas de celulares. Hoje liderada por Tim Cook, a eterna empresa de Steve Jobs teve suas vendas caindo 16 no Brasil em 2016.

Já de acordo com os números da iDC, o resultado não é diferente. No âmbito mundial, se por um lado a Apple sinalizava a liderança no último trimestre de 2016, nos 3 primeiros meses de 2017 a “coroa” do reinado passou para a “cabeça” da Samsung.

De acordo com a IDC, 51,6 milhões de iPhones foram vendidos no primeiro trimestre do ano.

Queda da Apple: questão de preço?

A primeira hipótese que nos faz refletir sobre este cenário, certamente é a questão de valores. O modelo mais recente do iPhone Apple, por exemplo, custa cerca de 3.499 reais, enquanto o mais “em conta” comercializado pela Apple no Brasil tem o preço de 2.499 reais.

Certamente, com valores mais atrativos com sua linha Galaxy J, a Samsung passou a abocanhar uma fatia maior do mercado indo de 40 para 46,7.

Mas há outro fator que pode passar desapercebido por algumas pessoas, porém, também pode ser uma hipótese a se avaliar: a dificuldade que a Apple propicia aos desenvolvedores de app.

Segundo Jean P. Schramm, consultor de e-commerce e proprietário da Aplicativos para Celular, ao invés de facilitar o acesso para disponibilizar os app na plataforma Apple Store, o elevado grau de exigência faz com que a publicação, caso aprovada, leve em torno de 30 ou até 60 dias para liberação.

Com o mercado de aplicativos cada vez mais intenso, e o Android facilitando a experiência, tanto de usuários quanto de desenvolvedores, podemos inferir que de fato, a Apple pode estar deixando a desejar também neste sentido.

E você, o que pensa sobre a queda da Apple, os valores do iPhone e o crescimento tanto da Samsung quanto de marcas mais modestas, como a Alcatel, por exemplo?

Conte-nos sobre sua experiência com determinado smartphone e vamos trocar ideias sobre este tema que nos é tão relevante! Aproveite e curta a página da aplicativosparacelular.net no Facebook e fique por dentro de todas as novidades do nosso blog.

Deixe uma resposta